Torre Galata

Um dos primeiros sítios a visitar é a Torre Galata pois permite apercebermo-nos da geografia particular de Istambul. É uma torre de pedra com quase 70 metros de altura com paredes de 3.75 m de espessura que foi construída em 1348 sendo na época o edifício mais alto da cidade.

A vista panorâmica que se tem é única: a ponte Galata, o Palácio Topkapi, a mesquita Sultan Ahmed (mesquita azul), Hagia Sophia, o mar da Mármara, a coluna de Constantino, o Bósforo …

Qualquer hora do dia é boa para se  subir ao topo da torre embora a hora do meio dia não seja a mais aconselhável para a fotografia. Aconselhamos vivamente o entardecer porque se pode acompanhar a mudança da cidade do dia para a noite. Ouvimos os chamamentos à oração quando estávamos no topo da torre: o encadeamento dos cânticos de dezenas de muezzins, das dezenas de mesquitas da cidade chegou a provocar arrepios pela estranheza do som, pelo lugar, pela hora do dia, pela cidade que ia escurecendo. Este ambiente fez-nos esquecer a fotografia e as máquinas ficaram muitas vezes em cima do parapeito. Só percebemos isso depois. Temos de voltar.

Descemos a pé pelas ruas estreitas à noite, já bastante tarde e sentimo-nos perfeitamente confortáveis e seguros. O passeio a pé desde a torre até ao hotel na zona histórica de Sultanhamet foi agradável e deu-nos a conhecer uma outra cidade. Parámos várias vezes na ponte Galata a ver os pescadores a pescar.

Nos andares superiores da torre há um café e um restaurante. As vistas estão asseguradas. Teremos de voltar para avaliar da qualidade do serviço!

Etiquetas: ,

Um Comentário a “Torre Galata”

  1. Impressionada com a tuas descricoes tenho gostado de toda a informacao que vais dando, se chegar a ir e como se ja la estivesse. Muito interessante e essa de esquecer as maquinas nao compreendo perfeitamente em voces e espantoso, tudo o resto se sobrepos ,som beleza e o momento, obrigada por partilhares. Vai me enviando se quiseres todas as tuas impressoes gosto muito como descreves tudo. Ja agora lembrei me que no inicio deste ano ,como gosto muito de musica comprei na FNAC HESPERION XXI – Jordi Savall – tem Pieces Turques – Piecs Armeniennes -Pieces Sepharades. Nome do CD Istambul – Dimitrie Cantemir 1673-1723 «Le Livre de la Science de la Musique. Da uma olhadela. C est tout merci bien desculpa nao uso acentos

Comentar