Ver e ouvir a Cristina em Istambul

Eram cerca das 21:00 e passeávamos na Avenida Istiklal que se mantinha cheia de gente em passo razoavelmente relaxado. As lojas ainda estavam abertas e os carrinhos de toldos às riscas vendiam castanhas quentes e milho assado. A multidão falante provoca um som morno, um burburinho colectivo que é manso.

De vez em quando ouve-se a campainha do eléctrico que nervosa e incisiva avisa que é preciso que se afastem dos carris. A multidão aparta-se sem pressas porque não acredita em atropelamentos naquele lugar que é propriedade dos peões.

De súbito, ouvimos uma música cantada em português. Procuramos de onde vinha o som e olhamos uma janela iluminada. Do alto do segundo andar, emoldurada por um florão  de pedra, a janela deixava ouvir o canto limpo da Cristina Branco que dizia: “sete gritos por gritar, sete silêncios viver, sete luas por brilhar e um céu para acontecer“.

Conhecíamos bem a letra da canção e, mesmo sem jeito, fizemos de coro cantando para a janela. Lembramo-nos que foi um amigo holandês que, há uns anos, nos deu a conhecer a Cristina já famosa na terra dele e quase desconhecida na nossa.

O destino dá muitas voltas e quando regressarmos a Istambul, entre 18 e 23 de Fevereiro com um grupo de portugueses, vamos poder ver e ouvir a Cristina ao vivo no auditório Cemal Reşit Rey Konser Salonu, no dia 22 à noite. Talvez a desconhecida janela com o seu florão apareça também.

 

Sete pedaços de vento AQUI

 

Um Comentário a “Ver e ouvir a Cristina em Istambul”

  1. interessante, onde se podem comprar os bilhetes sabem!?
    obrigado!

Comentar