Mel em Portugal

Mel é um filme do realizador turco Semih Klapanoglu que já ganhou vários prémios nos maiores festivais de cinema do mundo. Com interpretações de Bora Altas, Erdal Besikçioglu, Tülin Özen, o filme Mel (Bal em turco) ganhou o Urso de Ouro (Melhor Filme) Festival de Berlim 2010. Para os críticos do jornal Le Monde: «O cinema de Semih Klapanoglu apazigua, fascina, cresce.»

O filme relata a história de Yusuf que tem 6 anos. O pai é um apicultor que tem de subir às árvores da floresta para aceder às colmeias e recolher o mel. A floresta apresenta-se para a criança como um lugar de perigo mas ao mesmo tempo como um lugar fascinante e misterioso que o faz sonhar. Com o pai aprende a ler a natureza: os nomes dos pássaros, o cheiro e o sabor das flores, o espaço, o tempo… É um conhecimento diferente do recebido na escola onde as aprendizagens são outras e adquiridas de outro modo.

São vários os testemunhos sobre a beleza e qualidade do filme. Destacamos o comentário de Francisco Ferreira, no Expresso: “uma parábola da infância e dos seus segredos. Uma profissão de pura fé no poder da mise-en-scène. De uma beleza arrebatadora.”
[…] planos-sequência majestosos, uso exclusivo de luz natural. […] objectivamente, o filme é belo. Mas também solene. E sufocado de talento. Kaplanoglu falou dos valores da natureza, de toda uma cosmogonia inatacável e da influência de Vermeer…»

O filme estreia em Portugal, no Porto, nos cinemas Medeia no Teatro do Campo Alegre: de 24 a 30 Março, todos os dias às 18h30 e 22h (excepto 29 Março, só às 18h30). Esperamos que outras salas, noutras cidades acolham este filme.

Etiquetas:

Comentar